Hora do conto

Além da promoção da leitura esta Hora do Conto procura fomentar nos miúdos e graúdos a consciencialização ambiental, criando Super-Heróis e Super-Heroínas do Ambiente de forma dinâmica, interativa e divertida.

A HORA DOS SUPER-HERÓIS DO AMBIENTE

A IRMANDADE DA ROCHA é primeira coleção infantojuvenil em Português que dá a conhecer as maravilhas dos Oceanos e a importância da sua preservação.

Os jovens leitores são convidados a ser” Super-Heróis e Super-Heroínas” do Ambiente enquanto exploram as “Dicas para Exploradores” e descobrem mais sobre a vida marinha, de uma forma lúdica e divertida.

“Daniela e o Ouriço-do-mar” é o primeiro volume. Este livro revela a magia das Poças de Maré e a importância da preservação da Biodiversidade Marinha.

O livro foi escrito com a colaboração de um biólogo na secção “Dicas para Exploradores” e uma psicóloga no Documento de Apoio para Pais e Professores que poderá aceder gratuitamente aqui, O segundo volume da coleção, intitulado “Os Viajantes do Oceano” encontra-se já em preparação.

A Hora do Conto

DINÂMICA DA "HORA DO CONTO":

Tendo como ponto de partida o livro “A Irmandade da Rocha – Daniela e o ouriço-do-mar” esta atividade lúdico-pedagógica pretende apelar à sensibilidade das crianças para que uma maior consciência ambiental comece a construir-se, além da promoção do gosto pela leitura.

Esta história permite à criança conhecer os seres vivos que habitam as Poças de Maré das praias algarvias, colocar-se no lugar dos animais marinhos que aqui são ameaçados e sentir o que eles sentem, criando assim, o sentimento de que a Natureza é de todos e, por isso, todos devem protegê-la.

Permite-lhe ainda desenvolver um processo de identificação com a personagem humana Camila que ajuda os animais e que luta pelos interesses dos mesmos. A Camila representa tudo o que a criança gosta de ser. Ela é líder, ela é corajosa, ela é segura de si, ela luta por aquilo que ela acredita.

É através da Camila que todos os outros humanos começam a ter mais consciência da importância da vida marinha e do nosso dever de a preservar, assumindo esta personagem o papel de uma espécie de “super-heroína do ambiente”.

É abordada ainda nesta história a importância das figuras parentais no desenvolvimento do sentimento de empatia das crianças, sendo claro que os principais incentivadores da Camila, são os seus pais e o relacionamento que estes têm com a filha, mostrando que, mais do que aquilo que os pais dizem, as crianças valorizam e absorvem os comportamentos que os pais demonstram perante elas.

Esta história permite à criança conhecer os seres vivos que habitam as Poças de Maré das praias algarvias, colocar-se no lugar dos animais marinhos que aqui são ameaçados e sentir o que eles sentem, criando assim, o sentimento de que a Natureza é de todos e, por isso, todos devem protegê-la.

PÚBLICO-ALVO: Pré-Escolar e 1.º ciclo até ao 6.º ano de escolaridade

O QUE DIZEM SOBRE A IRMANDADE DA ROCHA

CONTACTE AGORA PARA MAIS INFORMAÇÕES