Escrever é reescrever

Raramente quem escreve consegue escrever um texto irrepreensível, pronto a ser publicado à primeira.

A primeira versão de qualquer conteúdo escrito, seja um artigo de opinião, uma crónica ou um livro, precisa de ser trabalhada. Raramente quem escreve consegue escrever um texto irrepreensível, pronto a ser publicado à primeira. Escrever é reescrever, editar, cortar, rever. Por isso, falamos no ofício da escrita. E a revisão é uma das etapas essenciais.

Com a revisão corrigirá as deficiências que o seu texto possa ter no domínio da ortografia e da sintaxe.

Para quem pretende publicar um livro, o trabalho final de revisão fica a cargo da editora.

Para que um original tenha maior probabilidade de ser publicado, é necessário que pelo menos as três primeiras páginas sejam imaculadas: sem uma vírgula fora do sítio, tal como o meio e o fim do livro

Por isso, o ideal é praticarmos o ofício da escrita o mais possível.

Para quem escreve profissionalmente no dia a dia o princípio é o mesmo: escrever, editar, rever, reescrever.

É a nossa credibilidade que está em jogo.

Nesse sentido, partilho consigo cinco dicas práticas de revisão que serão certamente bastante úteis:

1.ª EDIÇÃO E REVISÃO

Além de detetar erros e gralhas, a revisão serve para editar o nosso texto — quer seja através da inclusão ou eliminação de palavras.

Rever é também uma oportunidade para melhorar o texto, de lhe dar os últimos retoques que podem fazer toda a diferença na versão final. Há sempre margem para melhorar um texto.

2.ª USE A REVISÃO AUTOMÁTICA

Não se esqueça de acionar a revisão automática do seu computador. É uma forma rápida de fazer uma revisão ortográfica e gramatical do texto. Mas, atenção: não confie nela a 100%, principalmente se não utiliza o Acordo Ortográfico de 1990.

 3.ª PEÇA A OUTRA PESSOA PARA LER TAMBÉM O SEU TEXTO

Uma pessoa que não esteve envolvida no processo criativo e de escrita do trabalho em questão verá o texto com olhos frescos — ideais para detetar erros e fazer sugestões. Quanto mais alienada a pessoa estiver do texto em questão, mais eficaz será a sua revisão.

4.ª LER EM VOZ ALTA

Ler em voz alta obriga-o a estar mais atento e concentrado no texto, o que, por sua vez, permite uma melhor e mais rápida deteção de erros, gralhas e passagens mal escritas ou que podem ser melhoradas. O software do Adobe permite ouvir o PDF. Experimente!

5.ª IMPRIMA O SEU TEXTO

Dê uso à impressora na hora de rever um trabalho escrito: não há nada como ler e rever em papel aquilo que acabámos de escrever. Aproveite para tomar notas, reorganizar as palavras e cortar eventual texto desnecessário.

Da próxima vez que escrever, lembre-se: olhe para o seu texto, reveja, retire palavras. Se for necessário, altere a ordem dos parágrafos. Demore o tempo que for necessário. Esse é processo normal de quem cuida das palavras que partilha com o mundo.

Se a temática da escrita lhe interessa, deixo-lhe o convite para visitar a minha conta de Instagram  onde todos os dias partilho dicas de escrita, sugestões literárias, pensamentos e oportunidades de formação.

Partilhar
Analita Alves dos Santos

Analita Alves dos Santos

Incentiva pessoas a escrever com mais confiança e a descobrir o poder e o prazer da escrita e da leitura. Porque ler e escrever é essencial.

Mais artigos:

Vírgulas. Como Utilizar?

Preencha o formulário e receba grátis este printable.