A Partida [Manuela Vieira]

Brummmmmm
Espuma branca
Cheiro a óleo
As gaivotas fogem em bando.
Gente
Muita gente
Movimento, agitação
Sorrisos fechados
Angústias e ais
Vejo olhos molhados
Lágrimas corridas
A refletirem tristeza
Saudade
O abraço apertado
O apito do barco
Convoca o soldado
Lá vai
Pé ante pé
Sobe a escada que balança
Como se de uma dança tratasse
A dança do adeus
Ou do até já
Leva a mão ao peito,
Ainda sente o bater do coração
Da amada
Que respira ofegante
Em terra
Bamboleante, sem jeito
A saudade ganha forma
Do bolso tira o lenço branco
Acena elevando o braço
O mais que pode
Com a ajuda do vento
Consegue ser vista
Quer ser sentida
Mesmo à distância
Faz uma promessa, um pacto de amor
Enquanto o barco se afasta
A mão cansada desce, o lenço cai
E ao longe, bem no horizonte
O barco une o mar ao céu num ponto distante
Para trás a fagulha fugida do seu corpo em brasa
Haverá regresso?

Picture of Manuela Vieira
Manuela Vieira
Texto Vencedor
Partilhar
CLUBE DOS WRITERS

Estes são os textos vencedores do desafio de escrita criativa mensal do CLUBE DOS WRITERS

Mais artigos:

Vírgulas. Como Utilizar?

Preencha o formulário e receba grátis este esta ferramenta bastante útil.