Segunda-feira

Não sei se sou só eu, mas tenho um grave problema com as segundas-feiras.

Em cada nova segunda-feira, sinto que tenho a oportunidade de recomeçar, de fazer tudo melhor e diferente na semana que começa.

Um sentimento que dura pouco. Basta atrasar 10 minutos e o caos instala-se.

Raios! Parece que as crianças adivinham que a manhã já começou tarde e complicam, o que podia ser tão simples…

«Mãe! A roupa fica larga!»

 «Então, veste esta!»

«Mãe! Esta fica apertada!»

 «Então, veste a outra!»

«Mamã! Não quero papa!»

«Então, come pão!»

«Mamã, já te esqueceste? Já não gosto de pão!»

«Então, come uma bolacha!»

E o rol de queixas, reclamações, mudanças de opinião, transfigura-se em cada segundo e o atraso de dez minutos, transforma-se em meia hora. A roupa é vestida no carro. O pequeno-almoço servido a caminho.

Tenho definitivamente, um grave problema com as segundas-feiras.

Se Deus quiser amanhã, tento de novo. E para a semana haverá uma nova segunda-feira e lá recomeçarei,  mais uma vez, repleta de esperança, de fazer melhor e diferente.

Uma destas segundas, o milagre da pontualidade acontecerá mesmo. Mas, paciência. Ainda não foi hoje…

Segunda-feira
Partilhar